Estimulados pelos grandes varejistas e pela alta demanda dos consumidores por uma experiência de loja mais fluida e prazerosa, varejistas de todos os portes perceberam que não haveria, no futuro, um varejo que não contemplasse a estratégia omnichannel como algo primordial.

O que é o varejo omnichannel?

No varejo, a omnicanalidade diz respeito à jornada de compra. É preciso estar onde o consumidor está, e é preciso estar com qualidade, com conveniência, para atender ao cliente da maneira que ele gostaria de ser atendido: de forma eficiente e agradável, independente do canal escolhido.

Os pontos de contato com o cliente são fundamentais para, primeiramente, atraí-los e, depois, com consistência e eficiência realizar vendas. Se o processo for feito da maneira adequada, as chances de fidelização são altas.

Muitos varejistas, principalmente no Brasil, ainda consideram que a estratégia omnichannel que eles exercem é um pouco medíocre, do jeito que dá. Sabem que, por mais empolgante e necessária que seja, é também um enorme desafio. 

Sabemos que esta é a realidade da maioria e que muitos varejistas ainda controlam estoques e vendas com a utilização de planilhas eletrônicas ou usam diversos sistemas, um para cada aspecto do negócio: contabilidade, gerenciamento de pedidos, estoque, etc. O que pode deixar todo o processo mais suscetível a erros humanos.

Portanto, um dos aspectos mais importantes para iniciar uma estratégia de vendas omnichannel é garantir que o sistema seja robusto o suficiente para automatizar diferentes processos como: pedidos, estoques, despachos, preços, dados de clientes, entre outros.

O sistema também deve ser simples e intuitivo, fácil de usar e que possa ser incluído na rotina dos vendedores e consultores sem grandes dificuldades ou necessidade de treinamentos complexos. 

Outro ponto importante, é a questão da integração. Pouco vale um sistema que não se integre com outros marketplaces, plataformas de e-commerce, módulos contábeis e fiscais. Ao invés de otimizar a operação, um sistema assim pode até dificultar processos já amadurecidos na organização.

Quando o negócio é distribuído em vários canais, com todos os processos inerentes a cada um desses pontos de contato, é preciso que todos os dados possam ser gerenciados integralmente através de um back office, onde os benefícios são muitos, entre eles: 

  • Maior controle de dados;
  • Inventários globais mais precisos; 
  • Gestão tributária sem complicação;
  • Visão centralizada de todos os pedidos;
  • Processamento e remessa eficiente de pedidos;
  • Consistência no relacionamento com o cliente ao simplificar processos;
  • Fidelização de clientes e promotores da marca;
  • Melhor atendimento ao cliente na loja física a partir de um PDV com dados integrados;
  • Economia de tempo devido aos fluxos automatizados; 
  • Mais oportunidades de expansão, entre muitos outros.

Não importa quantos pontos de contato com o cliente ou canais de venda você tem, um back office eficiente vai economizar seu tempo automatizando processos, evitando erros e oferecendo mais controle e confiança para fazer o seu negócio crescer.

Ao “terceirizar” o gerenciamento desses processos, você fica livre para se concentrar nas estratégias de crescimento do negócio e, a omnicanalidade, mesmo que não seja feita da melhor maneira desde o início, é o que vai permitir essa evolução.

A questão não é mais se o varejo precisa tornar parte de suas estratégias de vendas e marketing em omnicanal, mas sim como fazê-lo de forma eficaz.

O Nexaas.Omni é a plataforma omnichannel da Nexaas que foi desenvolvida para ser robusta o suficiente para abranger todos os processos necessários e peculiaridades de cada setor do varejo. Com uma interface simples, leve e intuitiva, a plataforma é totalmente integrável e modular, você contrata apenas aquilo que o seu negócio precisa para gerenciar seu negócio da melhor maneira possível para você e para o seu cliente.

Para saber mais sobre nossas soluções e como podemos ajudar o seu negócio a crescer, entre em contato com a gente.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar
Ver conteúdo

Saiba como a tendência Phygital afeta o seu negócio

Tudo o que você precisa saber para aderir à tendência Phygital e transformar seu negócio O que é phygital? Phygital é, essencialmente, a junção da palavra physical (físico em inglês) e digital. O conceito significa a integração entre os dois meios, abrangendo as transações online e offline de uma loja mas diz respeito, especialmente, à experiência do consumidor e como isso afeta o varejo. Essa tendência veio para desmistificar a ideia de que o futuro…
Ver conteúdo

Saiba como a Dream transformou sua operação com o Nexaas.Omni

A Dream Store, rede de lojas de brinquedos, produtos licenciados e grande parceira da Disney no Brasil, tinha como desafio para sua entrada no e-commerce, a gestão unificada dos estoques de todas suas unidades, a oferta dos produtos em múltiplos canais de vendas, o desejo de entrar em marketplaces, junto com o propósito de gerar a imersão dos clientes no ambiente mágico das lojas: sem filas, otimizando espaços e entregando uma experiência de compra alinhada…
Ver conteúdo

Gestão tributária omnichannel: conheça a plataforma da Nexaas

A Nexaas vem trabalhando para atender às necessidades dos clientes que têm como objetivo atuar em um varejo verdadeiramente omnichannel. Uma das maiores dificuldades na implantação do modelo de omnichannel no varejo brasileiro é a questão dos impostos. A atual matriz tributária do ICMS foi criada em 1988, quando saiu a nova Constituição, e os legisladores não poderiam imaginar as transformações causadas pela popularização da internet. Transações que deveriam ser simples, e que são a…