A pandemia mudou a forma de consumo e o comportamento dos novos consumidores exigiram diversas adaptações num curto período de tempo.

Os efeitos da pandemia continuarão conosco por um bom tempo. Mas já é tempo de preparar os negócios para o futuro pós-Covid.

digitalização dos negócios continua intensa, e boa parte dos hábitos adquiridos durante a crise permanecerão, ocorrendo quebras de paradigmas. Em vez das empresas priorizarem a distribuição de produtos, elas precisam colocar as necessidades do cliente em primeiro lugar.

Isso significa deixar de vender o que a indústria está oferecendo e passar a disponibilizar o que o consumidor deseja comprar. É inverter totalmente a dinâmica dos negócios. Se o foco é colocar o cliente em primeiro lugar, o fulffilment precisa ser flexível para entregar o produto onde, quando e como o cliente desejar. 

Vamos falar nesse artigo sobre as principais tendências e evoluções que contribuirão para o seu negócio crescer se preparar para o varejo omnichannel agora no último trimeste de 2021, que é o mais aquecido do varejo:

Dark Stores:

Em um modelo de distribuição tradicional, o produto segue da fábrica para um Centro de Distribuição, posteriormente para loja e então nas mãos do cliente, o que torna muitas vezes o processo moroso.

No varejo online, os produtos saem do CD para o cliente final, aumentando os custos de distribuição e com prazos muitas vezes maiores que o desejado.

O novo modelo de gestão de estoques, entregas e vendas passou a ser omnichannel, e para atender essa necessidade, as empresas tem investido nas Dark Stores, que utilizam os estoques já disponíveis para atender a pedidos online nas imediações.

Não é um ponto de venda, mas sim um ponto de coleta e retirada de produtos. Nesse sentido, todo mundo ganha com essa estratégia omnichannel: a operação do varejista fica ainda mais barata, o comprador paga um valor bem menor de frete e o cliente recebe mais rápido sua mercadoria.

BOFIS (Buy Online Ship From Store ou Despacho a partir da Loja)

Também é um dos desdobramentos da estratégia omnichannel que tem sido muito usada durante a pandemia. Geralmente a tecnologia SFS permite que o cliente que efetue compras online, receba seu pedido por uma loja mais próxima da sua residência.

Há um match inteligente produzido pela ferramenta que faz a orquestração de estoques. O Nexaas.OMNI faz essa operação de digitalização do varejo.

Ele integra todos os estoques num único lugar e faz esse roteamento de sortimentos de produtos. Assim, há uma gestão mais eficiente das entregas, redução de custos com frete e um diálogo mais fluido entre todas as operações logísticas.

O modelo de Ship From Store trabalha com todos os catálogos unificados, permitindo assim uma comunicação integrada entre lojas e CDS, CDS e consumidores de última milha e também lojas e clientes finais.

BOPIS ( Buy Online Pickup In Store ou Retirada na Loja)

Grandes players do mercado já utilizam essa metodologia e desenvolvem com consistência em melhorias para esse modelo de entrega.

Embora o olhar sempre esteja orientado às grandes redes do varejo que usam essa estratégia, é importante saber que já existem sistemas que permitem o uso desses recursos logísticos para qualquer outra empresa, não importando o tamanho.

Então não é uma ação distanciada, pelo contrário, é importante contemplar essas inovações para dirimir os gargalos das compras online e desse comprador contemporâneo.

Nesse sistema de logística existem grandes benefícios, tais como:

  • Redução de custos com entrega, já que o cliente retira na loja mais próxima sua mercadoria;
  • Maior tráfego na loja física, possibilitando novas aquisições;
  • Transformação de lojas físicas em mini-centros de distribuição, extinguindo custos com o frete de última milha
  • Satisfação do cliente que tem o produto desejado mais rapidamente em sua posse.

Embora os consumidores estejam se movimentando mais rápido do que nunca e exigindo das empresas soluções mais ágeis, é possível ter recursos que transformam e resolvem a dor dos clientes.

A Nexaas desenvolveu a plataforma omnichannel contemplando todos essas estratégias – Ship From Store, Pick Up In Store, Dark Stores – visando entregar a melhor experiência ao cliente do varejista.

Todas essas estratégias são importantes e precisam estar na pauta do setor. A experiência digital precisa ser priorizada. Se você não sabe como começar, converse com um de nossos especialistas.

Agende uma consultoria gratuita aqui que vamos te ajudar.

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar
Ver conteúdo

Multicanalidade é passado; o futuro é omnichannel

A jornada completa de consumo hoje é omnichannel. O consumidor do momento atual já pensa dessa maneira e embora ele não conheça ou dê nome a esse tipo de comportamento, os costumes têm aderido a convergência e a um modelo não linear de compra. Se há mais de 10 anos ele comprava o produto em um ponto físico e utilizava somente um canal para compras, hoje ele utiliza, no mínimo, seis canais diferentes. Os clientes…
Ver conteúdo

Otimize a gestão do compliance contábil com o omnichannel

O compliance contábil pode ser resumido como a boa prática de estar em conformidade com a legislação contábil, facilitando o entendimento dos números referentes à empresa que são essenciais para conduzir uma boa gestão dos negócios, assim como em relação às auditorias externas. Neste sentido, a adoção de um modelo omnichannel para a empresa torna mais simples a tarefa de consolidar informações vindas de fontes diversas, assim como assegurar que os dados da contabilidade sejam…
Ver conteúdo

O segredo do sucesso: franquias e e-commerce

A aceleração da digitalização do varejo é um aspecto positivo de 2020. A necessidade de manter contato com os clientes durante os meses em que as lojas físicas precisavam ser fechadas amadureceu o entendimento da digitalização e gerou novos modelos operacionais. Em 2021, saindo da pandemia, as lições aprendidas durante a crise serão a base para construir varejistas mais confiáveis ​​e conscientes do cliente. No campo da franquia, há um porém adicional: as marcas não…